Ícone Produtos Bovinos Produtos para Bovinos

Forcyl

Forcyl

FORCYL

Classes: Bovino, Suíno
 
Princípio (s) Ativo (s): OUTROS
 
Fórmula: Cada 100 mL contém:
 
Marbofloxacina ........................................................................16,0 g
Álcool Benzílico .......................................................................1,50 g
Veículo q.s.p .......................................................................100,00 mL
 
Indicações:
Bovinos: Em bovinos: tratamento terapêutico de infecções respiratórias provocadas por cepas sensíveis de Pasteurella multocida e Mannheimia haemolytica. 
Em vacas em lactação: tratamento da mastite aguda provocada por cepas sensíveis de Escherichia coli .
Suínos: Em leitões: tratamento de infecções intestinais causada por cepas sensíveis de Escherichia coli. 
Em suínos de engorda: tratamento de infecções do trato respiratório provocadas por cepas sensíveis de Pasteurella multocida, Actinobacillus pleuropneumoniae e Haemophilus parasuis. 
Em suínos: tratamento de infecções do trato urinário causado por cepas sensíveis de Escherichia coli. 
Em pós-partos de porcas: tratamento da síndrome metrite-mastite-agalaxia causada por cepas sensíveis de Escherichia coli.
 
Dosagem
Bovinos: 
Tratamento terapêutico das infecções respiratórias: Aplicar o produto por via intramuscular, em dose única, na dosagem de 10 mg/kg de peso vivo, equivalente a 10 mL/160 Kg de peso vivo.
Tratamento da mastite aguda causada por cepas sensíveis de Escherichia coli: Aplicar o produto por via intramuscular ou intravenosa, em dose única, na dosagem de 10 mg/kg de peso vivo, equivalente a 10 mL/160 Kg de peso vivo.
Se o volume a ser injetado por via intramuscular for superior a 20 mL, deve ser dividido em dois ou mais pontos por injeção.

Suínos: Aplicar o produto por via intramuscular, na região do pescoço, em dose única, na dosagem de 8 mg /kg de peso vivo, equivalente a 1 mL/20 Kg de peso vivo.

Administração:
Bovinos:  Via intramuscular - tratamento da doença respiratória bovina e mastite aguda
                  Via intravenosa - mastite aguda

Suínos:  Via intramuscular

Precauções:
Precauções especiais de utilização no animal: 
*
Devem ser tomadas em consideração as politicas antimicrobianas oficiais e locais quando da administração deste medicamento veterinário. 

*É prudente reservar as fluorquinolonas para o tratamento de situações clinicas que tenham tido, ou que se espere que venham a ter fraca resposta, a outras classes de antibióticos. Sempre que possível, a administração de fluorquinolonas deve ser baseada em testes de sensibilidade. 

*A administração deste medicamento veterinário, fora das indicações proposta nesta bula, pode aumentar a prevalência da resistência bacteriana às fluorquinolonas e diminuir a eficácia do tratamento com outras quinolonas devido a potencial resistência cruzada. 

Precauções especiais a serem adotadas pela pessoa que administra o medicamento veterinário:
*Pessoas com conhecida hipersensibilidade as fluorquinolonas, devem evitar qualquer contato com o medicamento veterinário. 

*Se o medicamento veterinário entrar em contato com a pele ou olhos, lavar abundantemente com água. 

*Administrar com precaução, de modo a evitar a auto-injeção acidental. 
 
Em caso de auto-injeção acidental, procurar assistência médica e mostrar o rótulo ao médico. A auto-injeção acidental pode causar uma ligeira irritação.

Utilização em caso de gestação e lactação: 
Estudos realizados em animais de laboratório (ratos e coelhos) não produziram nenhuma evidência de efeitos teratogênicos, embriotóxicos ou maternotóxicos associados à administração da marbofloxacina. 

Bovinos: a segurança do medicamento veterinário na dose de 10 mg/kg não foi determinada em vacas gestantes ou em bezerros lactantes quando usado em vacas. 

Suínos: a segurança do medicamento veterinário na dose de 8 mg/kg não foi determinada em porcas gestantes ou em leitões lactantes quando usado em marrãs. 

O medicamento veterinário deve ser administrado de acordo com a avaliação benefício/risco realizada pelo médico veterinário responsável. 
ATENÇÃO
 
OBEDECER AOS SEGUINTES PERÍODOS DE CARÊNCIA: 
BOVINOS: 
ABATE: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado em 5 dias após a última aplicação.
LEITE: o leite dos animais tratados com este produto não deve ser destinado ao consumo humano até 2 dias após a última aplicação deste produto.
SUÍNOS: 
ABATE: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado em 9 dias após a última aplicação.

Apresentação: Frascos de vidro âmbar contendo 50 e 100 mL.
 
Classe Terapêutica: ANTIMICROBIANOS GERAIS; ANTIFÚNGICOS E ANTIPROTOZOÁRIOS (COCCIDIOS, FLAGELADOS)
 
 
 
 
 
Facebook Instagram
(45) 3252-7478  |  0800-600-7478
contato@vetfarmatoledo.com
Rua Luiz Segundo Rossoni, 499 - Centro - Toledo-PR
CEP: 85901-170